INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS

 

Entidade pioneira no campo das Ciências Farmacêuticas no Brasil

A Academia Nacional de Farmácia – ANF é uma sociedade civil científica, de âmbito nacional, que tem como objetivos: estudar, debater, divulgar, educar e colaborar como órgão consultivo em atividades nacionais e internacionais, em tudo o que se relacione com as ciências farmacêuticas.

Fundada em 13 de agosto de 1937, com sede na cidade do Rio de Janeiro, e reconhecida com Título de Utilidade Pública, a ANF é uma das mais longevas sociedades científicas brasileiras na área farmacêutica. Nasceu do Conselho Científico da Associação Brasileira de Farmacêuticos. É composta de membros titulares que são cientistas farmacêuticos, médicos, odontologistas e outros de várias áreas do conhecimento. Também é composta por membros eméritos, honorários, correspondentes e mantenedores.

Os membros titulares simbolicamente ocupam cadeiras que têm como patronos farmacêuticos e cientistas brasileiros notáveis. As cadeiras, em número de 100, são distribuídas nas seções de Farmácia; Farmácia Industrial; Ciências (Físicas, Químicas, Biológicas, Biotecnológicas e Naturais); Farmacologia; Medicina Humana; Medicina Veterinária e Odontologia.

A Academia Nacional de Farmácia organiza e realiza conferências para disseminar as mais recentes pesquisas que constituem as fronteiras das Ciências Farmacêuticas em seus diferentes eixos temáticos que incluem a educação, as ciências básicas e aplicadas, a tecnologia, a regulamentação e o acesso aos medicamentos. Estimula a vocação profissional através da organização e participação em simpósios e congressos.

A ANF desenvolve atividades que tem por finalidade promover a disseminação do conhecimento científico e tecnológico, com vistas ao processo de integração entre cientistas que atuam no ensino e pesquisas com os profissionais do segmento farmacêutico, que se dedicam à conversão desse conhecimento em produtos e serviços inovadores.

A ANF tem como primeiro mantenedor o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos do Estado de São Paulo – Sindusfarma – e acordos de cooperação com outras entidades associativas, dentre as quais a Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica – SBMF e a United States Pharmacopeial Convention – USPC.