19 nov 2018

PEDRO ZIDÓI SDOIA

Presidente da ABCFARMA – Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico; Vice-Presidente do SINCOFARMA/SP – Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo; Membro da Academia Nacional de Farmácia; Diretor da FECOMÉRCIO/SP – Federação do Comércio do Estado de São Paulo; Conselheiro do SENAC-SP; Conselheiro Executivo da Câmara Brasileira de Produtos Farmacêuticos – CBFARMA, da Confederação Nacional do Comércio – CNC; Membro do Conselho Deliberativo da Associação Comercial de São Paulo; Vice-Presidente da GS1 Brasil (Código de barras).

Discurso de posse como Membro Honorário na Academia Nacional de Farmácia

ILMO SENHOR
DR. CAIO ROMERO CAVALVANTI
DD. PRESIDENTE DA ACADEMIA NACIONAL DE FARMÁCIA

Cumprimentando o Professor Dr. Lauro Moretto, estendo os cumprimentos aos demais integrantes da diretoria da Academia Nacional de Farmácia.

Cumprimento o Acadêmico Dr. Márcio Antonio da Fonseca e Silva e todos os Acadêmicos que já receberam esta honrosa homenagem.

Cumprimento os presidentes de sindicatos, de associações, de empresas em geral.

Cumprimento minha esposa Maria Helena, estendo os cumprimentos aos filhos Pedro Maurício, Luís Roberto, às noras Dra. Lúcia, e professora Márcia e aos netos e netas, demais familiares, Abigail Maglio e todos que colaboraram para o sucesso deste encontro.

Cumprimento os companheiros e companheiras que juntos fazemos parte de diretorias de várias entidades.

Cumprimento os senhores e as senhoras presentes a esta importante sessão solene.

A homenagem que recebo nesta noite faz com que minha alegria transborde. É uma das grandes honras que recebo nesta minha longa caminhada.

Passam pela minha cabeça os primeiros momentos da minha vida profissional.

Aos 14 anos iniciei meu aprendizado na Farmácia Central, estabelecida à Rua 15 de novembro, na cidade de Dois Córregos, Estado de São Paulo. O proprietário era o farmacêutico de nome Romão Grael, meu inesquecível professor.

Na época, a cidade era pequena com apenas três médicos e uma Santa Casa. Romão Grael completava o serviço de saúde do município, principalmente para os mais pobres e moradores na zona rural.

Em pouco tempo passei a ser o seu companheiro nas viagens que fazia pelos sítios e fazendas atendendo doentes e aí começou o meu gosto em exercer a profissão.

Aos 18 anos deixei Dois Córregos e vim para São Paulo onde trabalhava durante o dia e estudava à noite. Fiz vários cursos técnicos, a maioria voltado para a farmácia.

Aos 20 anos passei a ser gerente de farmácia. Aos 22 anos comprei minha primeira farmácia.
Na cidade de Dois Córregos tinha o apelido de “loirinho da farmácia”.

Em São Paulo passei a ser chamado, de forma carinhosa, “o Pedrinho da farmácia”, para muitos continuo sendo o Pedrinho da farmácia.

Fui diretor do Sindicato da Indústria Farmacêutica e o saudoso Presidente, farmacêutico Dr. Fausto Spina dirigia-se a minha pessoa chamando-me de “diabo loiro”, pelas idéias avançadas que apresentava.

No ano de 1959 passei a frequentar o Sincofarma-SP, onde fui presidente por 29 anos. Sou o presidente da ABCFARMA desde o ano de 1973.

A defesa da farmácia passou a fazer parte de minha vida. Mantenho como objetivo principal a melhoria da saúde e o respeito pelas pessoas.

Defendo o setor comercial farmacêutico, porque ontem, hoje e sempre, os que necessitam encontram nas farmácias e drogarias o complemento para minorar seus males e restabelecer a saúde.

Há algum tempo as Faculdades de farmácia eram raras e nós frequentávamos os cursos técnicos, mas em futuro próximo as farmácias terão à frente, na quase totalidade, farmacêuticos, farmacêuticas e empreendedores.

À frente da minha farmácia, dedico-me em praticar meus conhecimentos com compreensão dando consolo aos que sofrem, às vezes bastam palavras.

Não vou falar das realizações e das vitórias conseguidas, que foram muitas.

Tenho a satisfação de ter Leis em vigor pelas quais batalhei para suas aprovações, nas esferas Municipal, Estadual e no âmbito Federal.

Soube escolher amigos. Fui e sou agradecido aos que estiveram e estão no Poder Legislativo e imprensa, que tiveram a sensibilidade de ouvir e acreditaram em minhas ideias e ideais e me ajudaram a torná-los realidade.

Hoje tenho a honra de receber esta homenagem como MEMBRO HONORÁRIO NA ACADEMIA NACIONAL DE FARMÁCIA.

A todos que aprovaram esta homenagem meus agradecimentos extensivos às pessoas empenhadas na realização desta sessão solene. Ressalto a figura do Professor Lauro Domingos Moretto, meu padrinho nesta homenagem, Maria Helena, minha esposa e companheira, Abigail e outros que colaboraram.

Agradeço a minha família que por força de meus compromissos, sente a minha ausência e me aceita como sou, sabendo que estou trabalhando para a causa da farmácia e da saúde.

O meu muito obrigado pela amizade e pelo apoio que recebo de minhas amigas, meus amigos, diretoras, diretores e funcionários das Entidades que presidi e presido… Presidentes e Diretores de Entidades que tenho a honra de participar… e das Entidades co-irmãs que unem forças conosco na busca de melhores dias para a farmácia. Agradeço por me ajudarem a vencer obstáculos, pois ninguém vence sozinho e ciente disso divido com todos vocês esta homenagem.

Agradeço a fidelidade e a confiança que depositam no meu trabalho, isso me dá ânimo para continuar trabalhando por uma política de saúde mais justa e ética que resulte num tipo de vida melhor para os brasileiros e que traga também sobrevivência para as empresas do segmento.

Guardarei este honroso título como um troféu que orgulhosamente recebo com muito carinho e respeito.

Senhor Presidente da Academia Nacional de Farmácia, Dr. Caio Romero Cavalcanti, e demais Diretores da Academia, o meu respeito, minha amizade, e tenham certeza que honrarei o título que recebo, afirmando que trabalharei até o último momento que minhas forças permitirem, na defesa do sistema de farmácia que o povo do nosso país precisa.

Muito obrigado.

Pedro Zidoi Sdoia